MESA DIVIDIDA

Nota publicada no blog Grampo em abril de 2014:

 

“Minha maneira de trabalhar se propõe a criar todo um universo particular inspirado na personalidade e história do cliente, para então torná-lo realidade. Peça por peça, componente por componente. E a Mesa Dividida é o primeiro móvel que crio/ assino para produção em série, tendo sido concebida para participar da compilação de móveis modernistas no “Ap porta-joias”  de uma psicanalista.

A mesa, metade em aço inox e metade em latão, com uma travessa preta conectando as partes prateadas e douradas _ quando vista de um lado parece toda prateada e do outro, toda dourada. Recebe o nome de “Dividida” em homenagem ao Sujeito Dividido, um conceito criado por Jacques Lacan. Em um breve drops psicanalítico, tal conceito se refere ao sujeito do inconsciente, sujeito dividido pela linguagem, presente em todos nós, e foi proposto pelo célebre psicanalista francês em um de seus Seminários que levaram à avanços sobre o legado de Freud.

A viabilidade técnica da peça, que deveria ter suas partes encaixadas devido à impossibilidade de solda entre os diferentes metais, foi vencida com primor por Ivar Siewers e sua Fábrica. Os cortes precisos e os aparufasamentos aparentes, intencionais, resultam impecáveis. Viva a competência! Viva Ivar e sua trupe!

A Mesa Dividida pode ser encomendada para entrega em Belo Horizonte e São Paulo (inicialmente). Será produzida pela Fábrica de Ivar, que como já contei aqui, é a única autorizada a fabricar a poltrona “Paulistano” de Paulo Mendes da Rocha, a poltrona “FDC” de Flávio de Carvalho, além de produzir as peças premiadas de Ivar, como a mesa “Stella”. Portanto é uma honra, uma alegria só ter meu primeiro móvel produzido por eles.
Mesa Dividida   .   medidas: 260x100cm, H=72cm   .   preço sob consulta  . contato@manoelabeneti.com.br ”

Saiba mais sobre o “Ap porta-joias” e a Mesa Dividida no bolg da arquiteta:  www.grampodesign.com.br